segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

"Dream on Lover"

 hoje o dia passou mais depressa, a escuridão que há dias se abateu sobre o meu caminho parece-me muito familiar... afinal de contas já percorri varias vezes este caminho mas com um destino diferente, acabava por encontrar-te sempre no fim desta extensa e solitária... onde irei parar desta vez ? :s
 vaguei-o no meio da multidão, vaguei-o por um mundo escuro e sem graça... vaguei-o pelo incerto... as caras outrora familiares hoje tornam-se irreconhecíveis, os sentimentos parecem escorrer a cada passo que dou e a apatia toma lugar. este mundo parece não mais ter sentido, parece que não tudo se tornou uma porção de nada e que agora terei de caminhar…durante este novo itinerário recolho momentos, recolho abraços (...) ouço os silêncios e o bater rápido do coração, porem não passam de memórias, memórias que nunca irei deitar fora, memorias que me acompanharam independentemente de quão longe este caminho me levar. não sei se é normal encontrar e relembrar esses momentos a cada passo que dou . penso sim que era suposto guarda-los bem longe... o meu caminho não me parece muito certo, ando numa espécie de círculos com medo de um dia me afastar demais e me magoar ou de algum modo me esquecer de tudo isto... mas, é nestes momentos de incerteza que num sopro o coração para e as minhas pernas paralisam, o meu coração fraqueja e porque ? pergunta o vento? por mais cinco minutos de um sonho, de um filme irreal ? então levanto-me e deambulo num circulo mais distante, volta e meia caiu nas armadilhas do coração que nunca deixou de querer voltar de onde partiu…

4 comentários:

Filipa ' disse...

' obrigado pela opinião e pelo conselho :')
- este teu texto é mais um texto lindooo, gosto da maneira como escreves *-*

- beijinho *

P.S. Um dia ainda vamos realizar o sonho da viagem a Nova Iorque :')

claudiarodrigues* disse...

amei mesmo (:

Borblady disse...

caimos sempre em caminhos desconhecidos (:

Cátia Daniela disse...

Gostei (: